Aviso – Suspensão serviços Consulado Geral

Em virtude da extensão do período de quarentena na cidade e no Estado de São Paulo, o Consulado Geral de Portugal, seguindo as diretivas das autoridades brasileiras locais, e zelando sempre em primeiro lugar pela segurança dos seus funcionários e utentes, continuará com os seus serviços condicionados até ao próximo dia 14 de Julho. O Escritório Consular em Santos continuará igualmente com o seu funcionamento limitado a emergências.

Até essa data, continuará suspensa a receção de novos processos. Todos processos que aqui já se encontram, continuarão a ser tratados, mas sofrerão demoras, atendendo à redução de recursos humanos neste Posto e nos diversos serviços em Portugal dos quais dependemos. Solicitamos que não nos enviem documentação por correio, pois não poderá ser rececionada.

Durante este período, o Consulado Geral continuará a adotar medidas para retomar gradualmente o seu trabalho, sempre garantido a segurança dos funcionários e dos utentes.

Os atendimentos regulares serão retomados no final do período de quarentena, desde que a mesma não seja alargada pelas autoridades públicas. Informação será disponibilizada aos utentes, à medida que a situação evoluir, através das nossas redes sociais.

Tentaremos dar resposta a todos os reagendamentos. Pedimos o favor de não nos contactarem para reagendar o atendimento de imediato, uma vez que precisaremos de efetuar o procedimento para milhares de pessoas, o que, naturalmente, demorará algum tempo.

Apelamos aos utentes para que usem do seu melhor discernimento para nos contactarem sobre urgências (ex: turismo; participação em ou realização de casamentos; atualização de documentos só porque já estavam agendados; qualquer serviço que possa ser realizado no destino para onde se dirige – não são emergências). O elevado número de chamadas e emails dificulta o rápido atendimento de situações urgentes e o esclarecimento de dúvidas.

Mais informamos que todas as presenças consulares nesta área de jurisdição se encontram suspensas e só deverão ser retomadas perto do final do ano. Para estas, daremos prioridade aos utentes que já estavam anteriormente agendados.

Para casos de viagens para Portugal, deverão ser contactadas as companhias aéreas, ou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. Os postos consulares não têm competências sobre questões fronteiriças, nem estão habilitados a autorizar a entrada de cidadãos, seja qual for a sua nacionalidade.

Para questões e tratamento de pedidos de vistos, solicita-se aos requerentes que entrem em contacto direto com a empresa VFS Global – https://www.vfsglobal.com/portugal/Brazil/index.html