Vistos Schengen – Curta Duração

O visto de curta duração destina-se a permitir a entrada em território português ao seu titular para fins que, sendo aceites pelas autoridades competentes, não justifiquem a concessão de outro tipo de visto.

O visto pode ser concedido com um prazo de validade de um ano e para uma ou mais entradas, não podendo a duração de uma estada ininterrupta ou a duração total das estadas sucessivas exceder três meses por semestre a contar da data da primeira passagem de uma fronteira externa.

Em casos devidamente fundamentados, e quando tal se revele de interesse para o País, poderá ser concedido um visto de múltiplas entradas a determinadas categorias de pessoas com um prazo de validade superior a um ano, mas inferior a cinco.

Documentos a enviar:

Quando reunir todos os documentos abaixo (e somente nesse caso) deve acessar:

• Formulário de Pedido de Visto (clique aqui). Preencha-o integralmente, submeta o pedido, receba o formulário preenchido e, então, o imprima e cole sua fotografia, juntando-o aos demais documentos abaixo para nos enviar via correio.

Atenção: no item 25 (duração da estadia), preencha 90 (noventa) dias. O prazo será alterado após a entrevista (do contrário gerará um erro).

NÃO VENHA AO CONSULADO SEM TER SIDO CONVOCADO.

1. Formulário de Pedido de Visto on line, integralmente preenchido (ver item acima);

2. Requerimento integralmente preenchido (ver final desta página);

3. Informar por escrito o motivo de solicitar o visto para Portugal;

4. 1 foto 3×4 colorida (fundo branco e liso), recente e com boas condições de identificação do requerente;

5. Original da última conta telefônica (em nome do titular, do cônjuge ou do responsável);

6. Passaporte original com validade pelo menos 3 (três) meses superior à validade do visto, pelo menos duas páginas em branco e data de emissão inferior a 10 anos. Não envie o passaporte: apresente-o na convocação;

7. Cópia autenticada do passaporte (somente páginas de identificação e das folhas usadas);

8. Cópia autenticada da carteira de identidade – RNE (turistas não podem formalizar pedido de visto). A validade do título de residência deve ser, pelo menos, 90 dias superior ao término do pedido do visto;

9. Comprovativo da existência dos meios de subsistência. Anexar fotocópias autenticadas destes documentos conforme o caso:

• Declaração da empresa onde trabalha, mencionando cargo e salário;

• Contrato social da empresa;

• Carteira profissional com registro da empresa onde trabalha;

• Registro de profissional liberal;

• Última declaração de Imposto de Renda (apresentar sempre);

10. Cópia de cartões de crédito internacionais e da última fatura, mencionando o limite de crédito ou comprovante da compra dos dólares que serão utilizados na viagem;

11. Em viagens para visita familiar, o requerente deve juntar comprovantes do vínculo invocado e da condição de residente legal do indivíduo dado como referência;

12. Em viagens para tratamento hospitalar, o pedido deve ser instruído com confirmação prévia de que o requerente é aguardado na unidade indicada, a data da marcação dos tratamentos e a garantia de que se encontra assegurada a cobertura das despesas;

13. Se casado(a), deve enviar fotocópia autenticada da certidão de casamento;

14. Se tiver filhos (e estes forem solicitar visto), envie fotocópias autenticadas das certidões de nascimento;

15. Para pedido de visto de menor de 18 anos (sujeito ao exercício do poder paternal ou incapaz), deve ser apresentada a respectiva autorização;

16. Apresentar reservas de hotel e de passagem. Não compre passagem aérea sem ter o visto autorizado.

17. Apresentar SEGURO MÉDICO INTERNACIONAL DE VIAGEM com cobertura mínima de 30.000 (trinta mil) euros (seja qual for a duração da estada no Espaço Schengen) e abranger repatriação por motivos médicos, necessidade urgente de atenção médica e tratamento hospitalar de emergência. Caso o visto seja autorizado, a apólice deve ser apresentada no ato do levantamento do visto, junto com cópia para arquivo.

Atenção: os documentos enviados (sempre via correio) serão analisados e, caso estejam corretos, o requerente será convocado para a vir ao Consulado. Somente após essa entrevista é que o processo tem efetivamente início.

A RETIRADA DO VISTO DEVERÁ SER FEITA PESSOALMENTE PELO REQUERENTE.

APÓS A ENTREVISTA, A TRAMITAÇÃO DO PROCESSO LEVA, EM MÉDIA, 15 DIAS.

APÓS A AUTORIZAÇÃO DO VISTO O MESMO SÓ LHE SERÁ CONCEDIDO MEDIANTE A APRESENTAÇÃO DA PASSAGEM.

Atenção: se já reuniu todos os documentos necessários à instrução do seu pedido de visto, conheça as instruções de envio e os preços clicando aqui.

A partir de 5 de Setembro de 2013, a entrevista deste tipo de visto passa a incluir a recolha de dados biométricos (fotografia e impressões digitais) do requerente. No caso de menores de 11 anos, será recolhida apenas a fotografia.

Pagamento

Ao final desta página, clique para obter o requerimento. Preencha-o e clique em <Enviar>, imprimindo a sua cópia. Emita o boleto e pague-o em 5 dias.

Atenção: Não compre passagem sem ter o visto autorizado.
O consulado não se responsabiliza por encargos decorrentes a eventuais alterações de datas.
Caso o pedido de visto seja indeferido liminarmente, não haverá reembolso de qualquer espécie ou quantia, uma vez que os custos referem-se ao encaminhamento e tratamento do pedido de visto, e não ao visto propriamente dito.

Lembre-se: cada envelope deve conter apenas um processo/pedido. Caso parentes ou amigos também queiram enviar o seu, deverão fazê-lo em envelopes individuais e separados.

Clique aqui para obter o requerimento e o boleto